Fale Conosco: (96) 99178-9917

suporte@adpioneira.com

Fale Conosco: (96) 99178-9917

suporte@adpioneira.com

Culto de celebração do Centenário reúne milhares de fiéis no Sambódromo

Na ocasião, o governador Waldez Góes sancionou a Lei que declara como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial, o “Dia das Assembleias de Deus no Amapá”, comemorado em 27 de junho.

Milhares de fiéis lotaram o Sambódromo na noite de terça-feira, 27, dia singularmente marcante. Comemorava-se nesta data os 100 anos das Assembleias de Deus no estado do Amapá. E o culto de celebração foi bastante concorrido, com a presença de diversas lideranças religiosas e políticas.

Na ocasião, o governador Waldez Góes sancionou a Lei n° 2.195   que declara como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial, o “Dia das Assembleias de Deus no Amapá”, comemorado em 27 de junho.

A lei de autoria da deputada estadual Marília Góes, foi aprovada por unanimidade pelos deputados, e que assim, realizando o ato, deixa o gestor estadual honrado. “Fazer parte deste momento histórico me deixa ainda mais compromissado com toda a população evangélica. Todos nós, cristãos devemos apoiar e conhecer a história das Assembleias de Deus no Amapá”, ressalta.

Governador ainda pontuou todo o trabalho da comissão organizadora do evento, para a realização dos festejos e afirmou que cerca de 20 órgãos estaduais estão trabalhando em conjunto nesses cinco meses de comemoração do Centenário. Na ocasião, também foi agraciado com uma placa comemorativa por todo o empenho e colaboração para com os festejos.

Sob o comando do presidente da Assembleia de Deus no Amapá, pastor Oton Miranda de Alencar, outras personalidades também receberam a placa comemorativa, como: o prefeito de Macapá, Clécio Luis Vilhena, senador Davi Alcolumbre, desembargador Gilberto Pinheiro, vereador e pastor Dreise Alencar, senador Randolfe Rodrigues, representado pelo assessor Charles Chelala. Também, diversos líderes das igrejas receberam medalhas de honra, como símbolos da geração do centenário e representando os mais de 180 mil fiéis no estado, além dos membros da Academia de letras Evangélica do Amapá.

Desfile, louvor e música

Os milhares de fiéis não só presenciaram as cerimônias no evento, mas, também puderam acompanhar um desfile apoteótico, dividido em diversos pelotões, contando a história dos cem anos das Assembleias de Deus.

Crianças, jovens e adultos das mais variadas congregações e organizações coloriram a avenida Ivaldo Veras, mostrando ao público presente, que cada um tem um papel fundamental em todo a trajetória da instituição. Como a Guarda de Honra, entre policiais militares, bombeiros e aeronáutica, também presentes, membros evangélicos da Associação dos Militares do Amapá (Asmeap).  Para o major da Polícia Militar, Iran Serra, assembleiano há dez anos, a noite era memorável: “Nunca imaginei participar de uma programação tão bela e organizada”.

Outros pelotões se destacaram pela alegria e emoção: pelotão representando o Brasil e o Estado do Amapá, com os municípios, Mulheres do Círculo de Oração, Ministério de Visitação, Departamento de Missões, Projeto Missionário Verbo Vivo, Escola Bíblica Dominical, Unijovem, Umadma, Grupo Adolescentes Gerais, além do Grupo de Dança Kadoshi. Pelotão com os líderes evangélicos e a representação dos missionários Clímaco Bueno Aza e Daniel Berg.

Outro destaque foi o grupo musical de mulheres Brilho Celeste que reuniu aproximadamente 500 mulheres, que entoavam suas cantigas animadas em percussões.

Para finalizar a grande noite, o pastor Geziel Gomes, vindo direto dos Estados Unidos emocionou o público com suas palavras fortes de evangelização. Para o pastor, era um privilégio estar falando a palavra de Deus no Meio do Mundo e que naquele dia, todos tinham que lembrar e perpetuar todo o legado das Assembleias de Deus no Amapá. Logo depois, o cantor Marquinhos Gomes agitou e também emocionou os fiéis com suas canções novas e consagradas.

E nesta quarta-feira, 28, o culto de Celebração do Centenário continua no Sambódromo a partir das 19h, ainda com a segunda apresentação do cantor Marquinhos Gomes, cantora amapaense Joelma Di Souza, apresentação do Círculo de Oração e outras atrações.

DEIXE UM COMENTÁRIO ABAIXO: